Segunda, 25 de Março de 2019
(67) 9 9954-7979


crime
Casal mata jovem de 20 anos na Praça em Fátima do Sul após cobrarem divida de R$ 50
Segundo à polícia, o canivete e pedaço de madeira usados no crime foram encontrados próximo da árvore de Natal.
22 DEZ2018
Por MS 24h
06:30

José Araújo da Silva Júnior, de 20 anos morto no inicio da madrugada deste sábado (22) em Fátima do Sul(Foto: Reprodução / Facebook)
José Araújo da Silva Júnior, de 20 anos, foi morto no início no início da madrugada deste sábado (22) na Praça Getúlio Vargas, no centro de Fátima do Sul. A vítima chegou a ser levada ao hospital por amigos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Os acusados pelo crime são o casal Mateus Paiano Koloche, de 20 anos e Karolaine Jovina da Silva Sena, de 21 anos. Eles foram presos pela polícia logo após o crime.

Segundo informações, a vítima estava com amigos na praça central, participando das festividades de final de ano, quando o acusado Mateus chegou e cobrou uma dívida da vítima de R$ 50 reais. José Araújo, falou que era para o acusado passa em um lava-rápido, que ele iria efetuar o pagamento.

Testemunhas contaram à polícia, que Mateus deixou o local e voltou minutos depois, já na companhia da esposa Karolaine. Mateus, armado com canivete e Karolaine com um pedaço de madeira e começaram a bater na vítima. 

Casal Mateus Paiano Koloche e Karolaine Jovina da Silva Sena acusado do crime (Foto: Reprodução / Facebook)
Jose Araújo foi socorrido por amigos ao hospital da Sias com um ferimento grave na barriga, provocado por um golpe de canivete.  Segundo a equipe médica que atendeu Jose Araújo, ele já chegou no hospital inconsciente e morreu logo em seguida. 

Testemunhas contaram para a polícia, que o casal havia jogada o canivete e o pedaço de madeira, próximo da árvore de Natal que fica na praça. A Polícia Militar localizou o casal que estava empurrando um carinho de bebê. Eles negaram o crime, mas testemunhas afirmaram que os dois bateram na vítima. 

Mateus e Karolaine foram conduzidos até a delegacia e acabaram sendo autuados pelo crime de homicídio. O conselho tutelar estava na delegacia e ficou responsável pela criança.